segunda-feira, 30 de abril de 2007

A Contribuição da Wind


Foto.Eric Richmond

"Fico fascinada sempre que a vejo. Sinto a liberdade, o soltar das amarras, o voo, e tecnicamente gostava de ter sido eu a tirar a foto:)"
beijos
wind

Devo dizer que é uma excelente foto e também acho que inspira isso mesmo: liberdade e força de viver ;-)

Fotos de cortar a respiração


Há fotos que me perturbam, umas pela sua beleza, outras pela sua acutilância.
Enviem uma foto que vos tenha tocado de alguma forma especial e digam em que sentido o fez, para: ivonelemos@yahoo.es

Já agora, bom feriado!!

sábado, 28 de abril de 2007

Frases difíceis...


Fala_sonia
Vi­deo enviado por ivamarle

quinta-feira, 26 de abril de 2007

É um encanto


Seja qual for a direcção do olhar, em todos os recantos é um festival de cores. Agora vem a época das rosas, junta-se assim o suave odor a todos os sentidos, numa orgia sublime...

quarta-feira, 25 de abril de 2007

Apesar do frio e da chuva


Fomos ontem à noite, só para ter o prazer de acordar com os pássaros


e de manhã respirar aquele ar puro e deleitar-me com as cores da natureza. Não há sítio onde me sinta melhor, do que no berço onde nasci...

segunda-feira, 23 de abril de 2007

Quase recuperada



Este domingo revelou-se um tanto ou quanto alucinante, entre o calor do Douro e o calor humano o aconchego do estômago, foi de tal maneira que só hoje ao final do dia recuperei, pois até agora tenho-me sentido como na foto: com pouco equilíbrio...

sexta-feira, 20 de abril de 2007

Impossível esquecer


Moody Blues - I'm just a singer
Vi­deo enviado por peakers

Ladies and gentleman, this is Moody Blues

I'm Just A Singer (In A Rock And Roll Band)

I'm just a wandering on the face of this earth
Meeting so many people
Who are trying to be free
And while I'm travelling I hear so many words

Language barriers broken
Now we've found the key
And if you want the wind of change
To blow about you
And you're the only other person to know, don't tell me
I'm just a singer in a rock and roll band

A thousand pictures can be drawn from one word
Only who is the artist
We gotta agree
A thousand miles can lead so many ways

Just to know who is driving
What a help it would be
So if you want this world of yours
To turn about you
And you can see exactly what to do
Please tell me
I'm just a singer in a rock and roll band

How can we understand
Riots by the people for the people
Who are only destroying themselves
And when you see a frightened
Person who is frightened by the
People who are scorching this earth

Music is the traveller crossing our world
Meeting so many people bridging the seas
We're just the singers in a rock and roll band.

quinta-feira, 19 de abril de 2007

Ó mana, olha mais falos coroados...


Estes de flor amarela também são engraçados e bastante prolíficos


Estes ainda são pequenitos, mas já são danados (para florir, claro)


Os melhores ainda estão para florir só em Maio e alguns em Junho, com a mudança de terra e aumento dos vasos, acho que para o ano posso começar a vendê-los como sugeriu o LB...

quarta-feira, 18 de abril de 2007

Estes são os temporões



Já este, não tendo dado flor até agora, todo ele parece feito de flores cobertas por delicadas teias de aranha; é óptimo para ter numa floreira a pender de qualquer janela.

segunda-feira, 16 de abril de 2007

Onde é que isto vai parar?


começaram por colocar-se nas janelas


foram preenchendo todas


inventaram-se novos espaços

mesmo assim, todos os anos sobram mais e mais; mas agora começa o festival das flores...

domingo, 15 de abril de 2007

Um bocadinho de cultura geral, para variar...

clique na imagem
Gaiola de Faraday
Na imagem acima, o exacto momento em que um avião é atingido por um
raio em plena descolagem.É comum aviões serem atingidos pelos raios, mas como estão imersos no ambiente ionizado, o raio passa pela carcaça metálica, que forma uma
"gaiola de Faraday", e continua a descida em direção ao solo, sem afectar
os instrumentos de bordo.
Em tempo, Michael Faraday, cientista que viveu no século XIX,desenvolveu
uma proteção contra descargas atmosféricas, este dispositivo nada mais é
do que um cubo feito de tela de fio condutor (arame, por exemplo).
Quando um raio cai sobre a tela, cada "quadrícula" da malha metálica funciona
como uma espira de bobina. A reação do raio torna o campo electromagnético dentro da gaiola nulo, desviando para a Terra a corrente gerada.
Dizem os historiadores que, quando Faraday revelou sua descoberta à
comunidade científica da época, seus colegas zombaram da sua teoria.
Michael Faraday acabara de se tornar pai de um saudável bebê. Para
provar suas convicções, ele pegou seu filho e, cobrindo-lhe os olhos com um
pano escuro,colocou-o dentro de uma gaiola de malha metálica. Diante das
autoridades científicas, Michael Faraday ligou um autotransformador,
cujo secundário estava próximo à gaiola aterrada. Após elevar a tensão para milhares de Volts, várias descargas (raios) atingiram a gaiola. Quando o
transformador foi desligado, retirou seu filho ileso da gaiola, para
espanto de todos. O princípio de Faraday é utilizado tanto para alta
quanto para baixa tensão.

(recebido por e-mail)

sexta-feira, 13 de abril de 2007

Eis um porco, que de burro não tem nada


Nuncamaiscomocarnedepor_
Vi­deo enviado por ivamarle


É ou não é vivaço, o bicho?

quinta-feira, 12 de abril de 2007

Acho que este não torna a caçar...


Apanhar de Veado
Vi­deo enviado por ivamarle


felizmente o animal sabe defender-se...

quarta-feira, 11 de abril de 2007

Adoro este anúncio...


Bud
Vi­deo enviado por ivamarle


A cerveja não sei, não gosto de nenhuma; só consigo beber tal coisa, com bastante groselha.
Os apreciadores que não me estão a insultar neste momento, estarão no mínimo a fazer uma careta...

terça-feira, 10 de abril de 2007

sexta-feira, 6 de abril de 2007

A minha mensagem para esta Páscoa


Amazing Pets
Vi­deo enviado por titu_lino


Não custa nada ver o vídeo que é curto e a mensagem no final.
Feliz Páscoa para todos e fiquem bem!!!

quarta-feira, 4 de abril de 2007

Fela Kuti-The Black President


Fela Kuti - Army Arrangement
Vi­deo enviado por Funkadelika

Nascido em Abeokuta em 1938 de pai Pregador Protestante e mãe professora, que mais tarde se torna uma figura maior no mundo da política Nigeriana; graças às frequentes deslocações pelo país na sua companhia, a sua mente acorda para a autenticidade da cultura ancestral do seu país.
Em 1958 é enviado para Londres para, como os seus dois irmãos e uma irmã, estudar Medicina, mas preferiu inscrever-se na Trinity School of Music, onde passará os 5 anos seguintes. Já casado com uma Nigeriana e com três filhos, regressa à Nigéria em 1963, três anos após a independência, onde continua a tocar o estilo “high life & jazz”, que havia começado ainda em Londres numa orquestra “Highlife”, Koola Lobitos, com outros músicos Nigerianos residentes em Londres, entre eles encontra J.K.Bremah, que ele muito admira por tê-lo introduzido nos círculos de música africana de Lagos. Juntamente com outros amigos regressados de Londres aí continua até 1969, ano em que decide levar aos EUA, os Koola Lobitos e em Los Angeles, decide mudar o nome do grupo para “Fela Ransome Kuti e Nigéria 70”.
Em 1974 realiza um sonho antigo de volta a Lagos, cria uma República Independente no perímetro da sua casa, apelidando-o de “Kalakuta Republic”, facto que lhe causou ainda mais confrontações com a autoridade, sendo constantemente preso e sujeito a maus tratos, mas tal só tornava mais firmes as suas convicções e nessa altura muda o seu nome de Fela Ransome Kuti, para: Fela Anikulapwo Kuti que quer dizer basicamente: aquele que tem a morte no seu bolso, conforme ele diz no início do vídeo.
Mais tarde, depois de lhe terem queimado a casa, decide festejar um ano da Kalakuta Republica, casando de uma vez com 27 esposas, dançarinas do seu grupo e dando a todas os sobrenomes Anikulapwo Kuti, embarcando depois rumo ao Ghana.(...)
(...)Segundo adianta este site, a sua morte ocorreu em 1997, segundo alguns,vítima de Sida.
(compilado DAQUI)

Para saber mais visite o concurso que está a decorrer até ao final deste mês, AQUI

terça-feira, 3 de abril de 2007

Introdução a Fela Anikulapwo Kuti


Fela Kuti Music Is A Weapon
Vi­deo enviado por Funkadelika


Como disse a amiga Mushu e muito bem, agora aprendi a colocar vídeos e não quero outra coisa...
Para não morrer de tédio, tenho andado a recolher algumas preciosidades que faço questão de partilhar com quem quiser visitar este "arremedo" de blog, pois a inspiração para escrever é nenhuma, para desenhar: nicles...então vou-me entretendo com a música e confesso, tem sido uma enorme surpresa encontrar certas coisas, como é o caso desta.
Corria o ano de 1983, eu estava a trabalhar na Suiça no cantão alemão que fazia fronteira com a Áustria e era relativamente perto de Freiburg, uma cidade marcadamente universitária onde tinhamos uns amigos que havíamos conhecido cá na praia. O meu marido tinha lá ido passar uns dias com eles e eu fui lá ter, e eles andavam muito entusiasmados com um concerto que houvera em Berlim e gravaram-nos uma cassete, pois não havia nada daquilo em Portugal.
Naquela altura, era do mais alternativo que havia, para além de ser uma "batida" diferente, designada por Afrobeat. É o CD mais ouvido cá em casa, um dos Best Of e o meu marido que não liga a música por aí além, faz questão de a dar a conhecer aos amigos que cá vêm.
Para já fica só um pequeno excerto de apresentação, mais tarde editarei uma música ao vivo e alguns dados bibliográficos, ressalvando desde já inexactidão da data da sua morte, que já li ter sido em 89, neste caso diz ser em 97, no entanto no CD que tenho, refere como tendo sido em 92(????)...

segunda-feira, 2 de abril de 2007

Apesar de não ser fã


Everlast - What It's Like
Vi­deo enviado por poum


Desde a primeira vez que ouvi, fiquei a adorar esta canção; acho uma bela conjugação da letra e música, com a voz dele.
Gosto sobretudo da letra que foca a veleidade com que se formulam juízos de valor, sem se fazer a mínima idéia do que está por detrás de algumas vivências, embora como ele próprio diz:"You know where it ends, yo, it usually depends on where you start ".
É sempre bom reflectir...

by Everlast
album: Whitey Ford Sings The Blues (1998)


We've all seen a man at the liquor store beggin' for your change
The hair on his face is dirty, dread-locked, and full of mange
He asks a man for what he could spare, with shame in his eyes
"Get a job you fucking slob," is all he replies
God forbid you ever had to walk a mile in his shoes
'Cause then you really might know what it's like to sing the blues

Then you really might know what it's like...
Then you really might know what it's like...
Then you really might know what it's like...
Then you really might know what it's like...

Mary got pregnant from a kid named Tom that said he was in love
He said, "Don't worry about a thing, baby doll
I'm the man you've been dreaming of."
But 3 months later he say he won't date her or return her calls
And she swear, "God damn, if I find that man I'm cuttin' off his balls."
And then she heads for the clinic and
she gets some static walking through the door
They call her a killer, and they call her a sinner
And they call her a whore
God forbid you ever had to walk a mile in her shoes
'Cause then you really might know what it's like to have to choose

Then you really might know what it's like...
Then you really might know what it's like...
Then you really might know what it's like...
Then you really might know what it's like...
I've seen a rich man beg
I've seen a good man sin
I've seen a tough man cry

I've seen a loser win
And a sad man grin
I heard an honest man lie

I've seen the good side of bad
And the downside of up
And everything between

I licked the silver spoon
Drank from the golden cup
And smoked the finest green

I stroked the fattest dimes at least a couple of times
before I broke their heart
You know where it ends, yo, it usually depends on where you start

I knew this kid named Max
He used to get fat stacks out on the corner with drugs
He liked to hang out late
he liked to get shit-faced and keep the pace with thugs
Until late one night there was a big gun fight and Max lost his head
He pulled out his chrome .45, talked some shit, and wound up dead
Now his wife and his kids are caught in the midst of all of this pain
You know it crumbles that way
at least that's what they say when you play the game
God forbid you ever had to wake up to hear the news
'Cause then you really might know what it's like to have to lose

Then you really might know what it's like...
Then you really might know what it's like...
Then you really might know what it's like...to have to lose

domingo, 1 de abril de 2007

Conforme o estado de espírito


Grace Jones...La Vie En Rose (Color Mix)
Vi­deo enviado por Sunshinemusikbox

Há quem prefira esta versão, ao original; não é o meu caso, traz-me é muitas recordações das discotecas da minha juventude...


Edith Piaf - La Vie En Rose
Vi­deo enviado por bigproblem11

Assim, conforme o vosso estado de alma, ouvem a que melhor vos aprouver, neste início de semana, ou nem ouvem, de todo...