quinta-feira, 30 de agosto de 2007

O cúmulo das desgraças...

Parece que me rogaram uma praga...
Na terça-feira ao fim do dia quando cheguei a casa, encontrei o meu marido no quarto a dizer que as coisas estavam mexidas, as gavetas meio abertas e que lhe faltavam umas moedas de 8 e 10 euros de colecção, que estavam numa pequena caixa na cómoda do quarto. Após verificarmos que todas as janelas haviam ficado fechadas, começámos a deparar-nos com o cenário de um roubo: tudo meio aberto e remexido e fora de sítio...
Como não possuo nenhum aparelho high tech (nem DVD tenho), o computador é de secretária e as TV’s são das “antigas” Black Trinitron e estavam no lugar, fui direita às únicas coisas de valor que tinha em casa, que não estavam lá...
A minha pequena máquina digital tinha desaparecido, junto com vários CD’s de Programas informáticos que a amiga Mushu me tinha oferecido, aquando da sua visita há um ano atrás, bem como se deram ao luxo de só escolher os CD’s de música de Genesis (dos 1ºs, com o Peter Gabriel), Dire Straits e Fela Kuti que ninguém conhece, deixando os restantes; mas o pior foi terem levado todo o ouro que eu tinha, Libras, fios, pulseiras, brincos e anéis, que estavam todos juntinhos (sou mesmo estúpida) num pequeno estojo mal escondido no saco do secador de cabelo, que levaram juntamente, deixando o secador...e levaram um relógio Festina na caixa de origem, que tinha sido prenda da mana Lucy, há uns anos atrás; por sorte escapou-lhes outro que me ofereceu, um Longines com pormenores em ouro, era tão pequeno que depois de verem o ouro que já tinham, aligeiraram a busca e não foi também...como o meu marido havia cá estado a meio da manhã e quando chegou às 19h a cadela estava muito stressada a arfar, depreendemos que teria ocorrido durante a tarde.
Reparámos depois que a porta da cozinha havia sido forçada, pois costumávamos deixá-la só no trinco e foi por ali que, sem ninguém no prédio, entrou e saiu quem cá veio.
Chamámos a Polícia que pouca esperança nos deu, limitou-se a tomar conta da ocorrência, nem querendo quase entrar em casa, alegando que só no dia seguinte viria a Polícia Técnica recolher indícios e que até lá, deveríamos mexer o mínimo possível e tentar preservar eventuais indícios.
Isto acontece no fim de vários incidentes, como há cerca de 2 meses terem roubado o pneu suplente do carro de trabalho do meu marido, de há cerca de 1 mês nos terem assaltado a garagem e na semana passada, terem andado a remexer no carro da empresa do meu marido, sem terem levado o que quer que fosse, pois só lá havia ferro-velho, literalmente...
Este mês foi profícuo em desgraças, começou por ter de devolver 230€ à Segurança Social, recebi uma multa do ano passado em Outubro, por ir a 72Km/hora numa zona de 50 (foi por 2 kms que me apanharam...) e sem presença do agente, só o registo da máquina, dá cá mais 120€ e vamos ver se não me tiram a carta durante 1 mês. Agora digam-me cá, se isto não parece mau olhado?...
Como dizia o outro: yo no creo em brujerias, pero que las hay, hay...

quinta-feira, 23 de agosto de 2007

FINALMENTE!!!!!!!!!!!!!!!!


Adeus armários anedóticos, com capacidade para quase nada...



Apesar de o resultado não corresponder às expectativas, acho que fiquei beneficiada com a mudança, nem que fosse só pelo facto de ter trocado a velha banca de 40cm de largura, por uma com 60cm e ter feito a outra sobre as máquinas, com 80cm de profundidade, que me deixa bastante espaço útil.


Quanto ao friso, resolvemos pintá-lo num tom laranja mais claro que os móveis, para dar um pequeno contraste entre o branco das paredes e azulejos...


O único defeito desta mudança para além do custo, foram os 2 meses e 10 dias de obras e esperas, sem lava-louças nem máquinas de lavar...

quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Os gatos são muito curiosos


Gatinha pianista
Vi­deo enviado por ivamarle

e além do mais, também pode ter gostos requintados...

domingo, 19 de agosto de 2007

Gosto verdadeiramente delas


E acho que esta bela osga é um digno representante da espécie, não tenho nenhum ponto de referência na foto que dê uma ideia clara, mas é bastante grande...

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Remédio


The Avalanches - Since I Left You
Vi­deo enviado por EbaCtobeS


Quando o corpo me pesa de cansaço, dá-me vontade de ver este vídeo, acho-o tão terno e a curiosa leveza que o dançarino transmite, apesar de parecer tão grande e desajeitado faz com que no final, acabe invariavelmente com um sorriso nos lábios...

quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Falta o quase...



...e neste caso, o quase é muito importante, pois sem o tampo, as bancadas de nada me servem; espero que o homem o venha colocar esta semana, senão terá de pôr o mármore em cima de mim, que estou morta de cansaço com a porra das obras e das esperas.
Fiquei desiludida com a cor, que no catálogo me parecia uma espécie de "cerise" e afinal é brick...

domingo, 5 de agosto de 2007

O ninho



Todos os anos se repete o acto: construir um ninho, para acasalar e criar a prole. Depois, já no Verão, abandonam as crias e os ninhos à sua sorte. O meu marido trouxe-mo como uma relíquia de perfeição e resistência, uma complexa obra de engenharia que apreciei, como aprecio o canto dos melros...

quarta-feira, 1 de agosto de 2007

Este é para a Fatyly



Estes malucos já vão na segunda floração, como aliás aconteceu à maioria deles; ainda dizem que o clima não está a mudar...



Peço desculpa pela fraca qualidade da foto, mas tinha-me esquecido da máquina na Serra e teve que ser com uma daquelas máquinas decartáveis...
é para a Faty porque sei que ela gosta muito desta espécie que, este ano se lembrou de dar as flores viradas para a parede e, dado o tamanho do "bicho", não é de todo fácil de rodar o vaso; se ele ao menos não fizesse crescer 2 ou 3 ramos novos, por cada um que lhe corto...